20 de out de 2017

COMPUTADOR BUROCRATA NO BANCO DO BRASIL

Belo Horizonte, Savassi, 16 de outubro, quase 11 horas. Minha mulher e eu entramos na Agência Savassi do Banco do Brasil, para que ela pudesse fazer um pagamento que o terminal não admitia, por causa de valor acima do limite (estabelecido pelo banco, sem declaração de motivo). Fomos às senhas e retiramos uma. Nenhum caixa à vista e nenhuma informação sobre se havia e onde se localizavam. Tive de perguntar a uma funcionária do banco, a qual informou-me, gentilmente, que se localizava no subsolo (não estava à vista, portanto, e nem uma setinha indicativa). Descemos uma escada meio escondida e chegamos aos caixas. Nenhum cliente à espera, nenhuma fila. Quando minha mulher quis fazer o pagamento, um gentil segurança disse que a senha já havia sido chamada por duas vezes e, não tendo aparecido o cliente, não seria possível o atendimento pelo caixa. Minha mulher ponderou que havíamos retirado a senha menos de dois minutos antes e que tínhamos gasto apenas o tempo necessário para pedido de orientação inexistente e para descer a escada. O segurança tornou a dizer que a senha havia sido chamada duas vezes e que, não se tendo apresentado cliente, o sistema anulava qualquer possibilidade de atendimento. Minha mulher subiu as escadas, voltou à expedição de senhas, retirou uma e voltou, agora tendo sido liberado seu acesso ao caixa. Efetuou o pagamento. TEMOS DE DAR GRAÇAS A DEUS por termos sido atendidos!
Nada contra o segurança. Está ali para bem cumprir as ordens que lhe forem dadas e ai dele se não o fizer direitinho.
Tudo contra o computador, cujo sistema não admite o atendimento, mesmo não havendo qualquer outra pessoa para atender.
Computador mais burocrata, sô!
NOTEM BEM: estou anexando cópias escaneadas das duas senhas retiradas por minha mulher. Mesmo lugar, mesmo dia, mesma hora, com uma diferença de no máximo três minutos entre uma e outra: 10:53 e 10:56.



16 de out de 2017

UMA CERTA FALTA DE PROVAS

O que mais se ouve falar, na base aliada e no planalto, é que não há a mais mínima prova que possa comprometer o presidente Michel Temer. Provavelmente, a análise do "caso Aécio" seguirá no mesmo diapasão.
A primeira observação é no sentido de que, para se admitir uma denúncia, são necessários indícios. A colheita de provas ocorre nos atos do processo.
A segunda expresso-a em questionamento: será que não há mesmo a tal mais mínima prova?
Ora pois: de nada servem, primeiro, o episódio em que um tal Dr. Yunis, amigo de Temer, ex-assessor do Planalto (demitiu-se por causa do episódio), recebeu um pacote que - dizem - continha um milhão de reais, e disse não saber do que se tratava, nem conhecia a origem e o destino. Nova versão posterior, sempre tentando aliviar. Há notícias na imprensa de que afirmou ter sido "mula involuntária". Cadikim tratou do assunto em "Cá Pra Nós" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2017/03/ca-pra-nos_7.html); segundo, uma certa mala contendo R$500.000,00 vindos da JBS, uma certa corridinha ridícula filmada, Rodrigo Rocha Loures - da mais absoluta confiança de Temer, conforme gravado e divulgado - devolvendo parcialmente a quantia, recompletando, depois, mediante depósito judicial, os R$35.000,00 faltantes, conforme divulgado pela imprensa; terceiro, uma certa apreensão de mais de R$51.000.000,00 guardados em caixas em um apartamento que estava emprestado a Geddel Vieira Lima, também ex-assessor de Temer, dando ao cadikim ensejo para publicar "SÍNDROME DE TIO PATINHAS" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2017/09/a-volupia-da-primeira-moedinha-e-o.html) e "CUIDADOS PARA PRENDER E PARA SOLTAR" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2017/09/cuidados-para-prender-e-para-soltar.html); finalmente, e quarto, nem bulir em uma outra certa mala, com R$2.000.000,00 - oriundos de Joesley, segundo o noticiário - transportada para as Minas Geraes.
É! De fato, esses Delegados, Procuradores e um tal Ministro Fachin só querem perturbar o bom andamento das coisas no país.
Nem vou postar qualquer imagem, então, uai!

11 de out de 2017

RELEITURA DE CÍCERO CHRISTÓFARO

Fui reler uma crônica escrita por meu irmão, publicada na 10ª edição de "Livro de Graça na Praça" - 2012. Tema: "Belo Horizonte 24 Autores." O título da crônica, nada alegre e infelizmente realista: "Bel??? Malvedere". Mostra uma Belo Horizonte distanciando-se, mais e mais, da bucólica beleza que maravilhou muita gente, assaltada pela dureza dos arranha-céus, transformada em um canteiro de obras. Um pouco do espírito de Canarinho: "toda vez que uma maloca é derrubada, seu doutor tem a palavra: é o "pogresso" que vem".
Escolhi um excerto (poderia ter escolhido outros):

"Custei a entrar no tal canteiro, enorme ele. Precisei de crachá e capacete, moça, detesto isto, passarinho não usa crachá e voa à vontade."


Vista do Parque Municipal das Mangabeiras
Captura de tela 2016-03-25  12.l06.56
Vejadecima
https://vejadecima.com/2016/03/26/parque-municipal-das-mangabeiras-belo-horizonte-mg/




2 de out de 2017

A VIDA



A vida é um "boxeur" poderoso que bate muito. Ficamos, então, entre duas alternativas: aprender a absorver os golpes ou fugir.

The Charlie Chaplin Boxing - YouTube


Imagem: Pinterest.
https://br.pinterest.com/pin/328481366552830932/


28 de set de 2017

HABEMUS CHAMPION!

Jogadores do Cruzeiro comemoram o título de campeão da Copa do Brasil. O Cruzeiro é pentacampeão da Copa do Brasil - 28/09/2017Acho muito bom o título da Copa do Brasil ter ficado com o Cruzeiro. Não torço para qualquer time mas pelo futebol. E, bairrista, pelo futebol mineiro (os outros torcem para seus Estados também, uai! o que é que tem?).
Penso que o título ficando aqui, pressiona o Galo para achar uma solução e melhorar seu desempenho. A concorrência acaba levando a melhorar e promover o futebol de Minas Gerais.
PARABÉNS AO CRUZEIRO!

Foto: Veja.
http://veja.abril.com.br/galeria-fotos/cruzeiro-e-flamengo-fazem-final-da-copa-do-brasil-2017/

27 de set de 2017

O IMPEDIMENTO DE BERRÍO NO MARACANÃ. O QUE PODERÁ ACONTECER HOJE?

Não falei sobre o assunto logo depois do primeiro jogo das finais porque precisava rever o lance. O Cruzeiro foi literalmente garfado naquele primeiro jogo - Flamengo x Cruzeiro - das finais que se completam hoje.
O gol de Paquetá foi feito em impedimento claro. Mas a coisa não pára por aí.
Diogo Barbosa disputa lance com Berrío: tudo igual no Rio (Foto: André Durão / GloboEsporte.com)Antes daquele gol, houve um lance em que Berrío avançou pela direita, marcado por Diogo Barbosa. Foram ambos parar após a linha de fundo. Voltando ao campo, Berrío foi o primeiro a entrar. Já pisou no gramado impedido. Nem Fábio lhe dava condição de jogo, porque estava um pouco adiantado. O bandeira, acompanhando a jogada na linha de fundo, sem qualquer jogador pela frente, não assinalou o impedimento evidente e fácil de raciocinar. O lance não deu em gol porque Fábio defendeu (http://globoesporte.globo.com/rj/futebol/copa-do-brasil/jogo/07-09-2017/flamengo-cruzeiro/).
O que poderá dar hoje?


Imagem: globo.com
https://globoesporte.globo.com/rj/futebol/copa-do-brasil/noticia/fla-sai-na-frente-cruzeiro-busca-empate-no-maracana-1-a-1-no-primeiro-jogo-da-final.ghtml

16 de set de 2017

NAS LETRAS DE NOSSAS CANÇÕES - CHARLIE BROWN


"Se você quiser, vou lhe mostrar
Luiz Gonzaga, rei do meu baião.
Se você quiser, vou lhe mostrar
Brasil de ponta a ponta do meu coração."




vinil compacto benito di paula



Benito Di Paula em "Charlie Brown".








Para ouvir com o autor: YouTube.
https://www.youtube.com/watch?v=cdq5RfH2XnQ


Imagem: Mercado Livre.
https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-708349353-vinil-compacto-benito-di-paula-_JM