26 de set de 2016

EVIDÊNCIAS VS. INOCÊNCIAS

Apesar de evidências de desvios na Petrobrás - evidências que são mais evidentes na medida em que pessoas e empresas dispõem-se a devolver grandes quantias - as pessoas que são apontadas como colhedoras de propinas insistem em que todas as despesas de campanha só utilizaram doações legais, que estão devidamente registradas..., e coisa e tal. Minha mulher diz serem essas pessoas "uns fofos".
Para ilustrar, transcrevo uns versos que eram repetidos por um de meus irmãos mais velhos, sem qualquer indicação de autoria. Ei-los:

Pelas ruas da cidade,
com toda seriedade,
um louco ia dizendo:
"não entendo... não entendo...".
E se alguém lhe perguntasse:
"Mas o que não entendeis?",
respondia, face a face,
com presteza e sisudês:
"Donzelas são sempre puras,
casadas procedem bem.
Viúvas são criaturas
honestas como ninguém.
No entanto, de criancinhas
os orfanatos vão-se enchendo.
De quem são essas crianças?
Não entendo... não entendo...".
Postar um comentário