18 de out de 2016

BATO PALMAS PARA O CANDIDADO. MAS,.. E DEPOIS?

�ibus de bh j�circula com diesel s-50Assisti, hoje, pela TV, a uma peça publicitária de um candidato a prefeito de capital. Muito interessante: o candidato mostrando-se em uma "peregrinação", pela cidade, dentro de unidades diferentes de transporte urbano. Fazia as críticas e as promessas. Uma passageira falou que nunca vira um político dentro de um ônibus. Respondeu que não é político e que deseja ser prefeito (mais ou menos isto).
Por meu turno, nunca vi político, candidato ou eleito, dentro de um ônibus. E, algumas vezes, falei (acho, até, que por escrito) que autoridades de Associações de Bairro deveriam chegar ao Prefeito, de surpresa, e convidá-lo para uma viagem de ônibus urbano, para ver, ao vivo e a cores, como funciona o transporte público. Não acredito que conheçam o assunto, por via direta.
Chocou-me - favoravelmente, óbvio - a proposta de o candidato conhecer, de corpo presente, como anda o transporte público.
Por isto, bato palmas a esse candidato.
Mas desejo, de verdade, é, se vier a ser eleito, poder aplaudir os que o terão elegido, pela felicidade na escolha. Vai ser preciso, durante quatro anos, andar muito de ônibus e ter outros contatos de primeiro grau com a realidade urbana - o verdadeiro trânsito, os Postos de Saúde, as Escolas Municipais,  por exemplo... E merecer aplausos, ao final, se a intimidade com esses elementos não passar de exibição.
Postar um comentário