9 de nov de 2016

ROMERO JUCÁ - O ROLHA


rolha_0Não me canso de admirar as possibilidades quase mágicas de alguns políticos. Ontem, pela TV, vi o Romero Jucá - ora líder do Governo no Senado - dizendo que a oposição, antigo governo, está reclamando, mas havia estragado o Brasil e que "nós estamos consertando".
Assustei-me: não era o mesmo Romero Jucá que foi líder no Governo Lula e, até 2012, no Governo Dilma? Obviamente, não deverá ter participado do "estrago". Deixou de ser líder, ficou em outra e, agora, aceitou o status de líder do governo Temer no Senado, para salvar o Brasil.
Fui pesquisar a trajetória do homem. Aparece na Presidência da Funai (1986 - 1988), no governo João Batista Figueiredo (ditadura), conforme a Wikipédia e outras fontes. Passo a falar, então, só do passado recente, de um político que conseguiu dar-se bem com vários Presidentes da República, de partidos diferentes. Ele mesmo terá percorrido vários partidos - PSDB, PDS, PFL, PPR E PMDB. Detalhes poderão ser vistos em várias fontes, na rede.
No governo Lula foi Ministro. No governo Temer foi Ministro por pouco tempo, tendo-se afastado para que uma conversa gravada não desse origem a interpretações malévolas. Foi líder no Senado nos governos FHC, Lula e Dilma.
Só uma pessoa com um currículo assim pode deixar um governo e, no seguinte, afirmar que está salvando o Brasil das bobagens feitas pelo governo anterior, a que serviu, também. É demais para mim.
Por que ROLHA, então?
Tome-se uma rolha de cortiça, de tamanho médio. Lance-se-a em um vaso sanitário e dê-se a descarga. O movimento revolto da água todo mundo conhece (quer dizer: quem tem saneamento básico adequado). Pois não é que, no momento em que cessa o movimento revolto da água, a rolha boia.
Fica sempre por cima.

Imagem: A GAZETA.
http://blogs.gazetaonline.com.br/diaadianocampo/1105/tv-maros-fech-070815-rolha-da-verdade/
Postar um comentário