10 de nov de 2013

DANÇA CIRCULAR SAGRADA SESC RIBEIRÃO PRETO

Fui surpreendido com um convite da Nanete – Ana, minha filha do meio – para ir com ela a Ribeirão Preto, onde iria participar de Encontro de Danças Circulares, nas dependências do SESC, com efetivo envolvimento da Instituição.
É claro que fiquei satisfeitíssimo com o convite e afeiçoei-me, de cara, à Dança Circular, por causa do entusiasmo que a Nanete transmitia.
Encontramo-nos em Ribeirão e fomos para a festa. Primeiro, uma palestra, falando de paz, criatividade, caminho da iluminação... muito legal! Depois, a mão na massa: muitas sessões de dança. Muita gente, várias gerações, predominância feminina. Organização impecável. Participação efetiva e empatia de todos quantos estiveram lá. Alegria, simplicidade e arte. A participação no evento fazia parte do projeto da Nanete de habilitar-se a promover sua Roda de Dança Circular Sagrada. Projeto que está em seu estágio final.
Para mim, o módulo mais interessante do evento foi realizado no Parque Curupira, que já conhecia. Lugar muito bonito, com apenas um senão: na maior parte da área não há sombra. Com o calor que faz em Ribeirão Preto, é uma barra! Mas foi obtida ali a imagem que considerei a mais bela em todo o evento. Das belezas e dos aspectos favoráveis do parque falei em http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2012/05/parque-do-curupira-ribeirao-preto.html. Penso que vale a pena gastar um tempinho para conhecer.
Nanete é aquela que ri solta, ao fundo. Só alegria!
 
Quanto à Dança Circular Sagrada, prefiro mostrar imagens que fiz, porque não conheço o suficiente para falar sobre Dança Circular Sagrada. Há muito material na internet. Só sei que foi pra lá de agradável encontrar-me com a Nanete em Ribeirão Preto e acompanhar seu entusiasmo e sua alegria com a modalidade. Sigo acompanhando de longe.
Postar um comentário