15 de out de 2014

PELOS QUATRO GOLS JÁ MERECE O "GÊNIO"? VAI COMEÇAR TUDO DE NOVO.

Sempre achei que Neymar é craque. Quando apareceu com furor, observei que, apesar de magrelo, já era forte, tinha muita velocidade, coragem e habilidades raras. Com o passar do tempo, veio mostrando mais: chutes com os dois pés, cobranças de faltas primorosas e dribles espetaculares seguidos de gol (um contra o Flamengo foi o que mais me encantou). Nunca o achei fominha. Vi muitos gols preparados por ele. Fama de "cai-cai"? Mas como apanha, sô! Muitas vezes sem que o juiz sequer marque falta.
Mas não vi só encantamento. Não se deu bem nas olimpíadas e ficou pregado no chão no jogo decisivo do mundial entre clubes, contra o Barcelona. Na copa 2014, antes de ser barbaramente posto fora de combate, não se portou com brilho.
Tenho achado que a mídia coloca Neymar nas alturas, por motivos publicitários. Sempre pensei que era pressão de mais para um jovem, que nunca teve a seu lado - como Pelé teve - jogadores de maior expressão do que ele. Lembre-se: na seleção de 58, Pelé tinha companheiros de grande prestígio: Bellini, Nilton Santos, Zito, Didi, Garrincha... No Santos não foi diferente. Um time de craques, antes que ele tivesse chegado (Pagão, Pepe, Del Vecchio...). Pelé tornou-se referência, já naquela copa. Mas Neymar já surgiu como referência, seja no Santos, seja na seleção. Pode ter sido muito peso para o jovem.
Agora, com quatro gols contra o Japão, recomeça o estardalhaço: já ocupa o oitavo lugar entre os maiores goleadores; é gênio.
Ninguém fez a metade desse barulho com os dois gols de Tardeli contra a Argentina. Não foi contra um Japão desfalcado - que não figura entre as grandes seleções.
Não estou querendo "desconstruir" (moda) Neymar. Mesmo porque não tem jeito. A tendência é melhorar. Mas penso que as pressões podem interferir e até retardar.
Acabo de ouvir de um comentarista, no Redação Sportv, que Neymar é muito bom, sim, mas está devendo, porque ainda não marcou um gol decisivo contra uma grande equipe internacional.
Melhor deixar de oba-oba e esperar que tenha com ele uma seleção equilibrada e competente, para seguir melhorando, até atingir a plena maturidade futebolística.

Imagem: Essa Vale a Pena Ver!!!