29 de jul de 2018

COMO SOU E QUANDO ESTOU


Hoje, assisti a uma entrevista do Roberto Dávila com o psicólogo e psicanalista Luiz Alberto Py, que fez uma comparação entre alegria e felicidade.
Pelo que entendi, sou feliz, porque convivo bem comigo mesmo e com minhas idiossincrasias.
Estou alegre, triste, revoltado, conformado, submisso, autoritário, paciente, impaciente, intolerante, tolerante, de bem com a vida, de mal com a vida... conforme o eu com que esteja convivendo no momento.


Imagem: LOJAS O Doidão.
https://www.facebook.com/LOJAS-O-Doid%C3%A3o-1578652452453627/?rf=146059742129399
Postar um comentário