23 de jun de 2017

RELAXA, PRESIDENTE! ESTRESSE FAZ MAL!

Há algo de podre no reino da Dinamarca. (William Shakespeare)Só podia estar estressado - e muito - nosso Presidente. Duas mancadas graves em uma única e pequena frase: iria ao Parlamento Brasileiro e "...um pouco mais adiante com Sua Majestade, o Rei da Suécia".
O ato falho do "Parlamento Brasileiro" até que passa. Afinal, o Parlamento Brasileiro é uma das coisas que não saem da cabeça de Temer. Mas não saber aonde estava?
O que penso, mesmo, a respeito de muitos discursos políticos, "mormentemente" (Ah! Odorico Paraguaçu!) quando fala a maior autoridade, no Brasil (meus horizonte são muito curtos, para poder comparar), é que, como é a última que fala, pode dizer a besteira que disser (e dizem muitas), que ninguém mais pode falar. Mas S. Exa. o Sr. Presidente não estava no Brasil.
Tanto é assim que, depois que a Primeira Ministra falou em meio ambiente e em corrupção, o Presidente lançou apenas o que considero uma desculpa esfarrapada, deitando conhecimento da Constituição Brasileira (que tem de fato), mas tentando dourar a pílula, dizendo: "A democracia no Brasil é algo plantado formalmente pela Constituição de 1988, mas praticada na realidade, ou seja, há uma coincidência absoluta entre a Constituição formal, ou seja, aquilo que está escrito, e a Constituição real, ou seja, aquilo que se passa no país.".
Terá dito isso sem qualquer constrangimento? Não terá corado? Não o açoitou a ideia de que alguém pensasse em perguntar sobre o dispositivo do art. 37 da Carta Brasileira, que estabelece os princípios da administração pública: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência? Todos eles - princípios constitucionais - fortemente espancados pela Lava Jato e pela JBS?

Imagem Shakespeare: kdfrases
http://kdfrases.com/frase/115814

Imagem Constituição: Sul21

http://www.sul21.com.br/jornal/metamorfose-ambulante-da-constituicao-brasileira-por-antonio-lassance/