2 de mar de 2018

DISCRIMINAÇÃO E RACISMO NA POLÍCIA FEDERAL

Poderão até pensar que se trata de uma das tais notícias falsas e alarmantes, para desgastar uma Instituição. Nada disto.
Um dos mandados judiciais está sendo cumprido no bairro Mangabeiras, em BH
Operação em Belo Horizonte
Hoje, pela manhã, acordei com noticiário e imagens de abordagem, pela Polícia Federal, de uma casa - mansão, melhor dizendo - em Belo Horizonte, e de um edifício de luxo, em São Paulo.
Imediatamente, ocorreu-me um pensamento: nunca vi a Polícia Federal em casa de pobre. Só de "bacano". Será isso discriminação?
Como os pensamentos insistem em seguir caminho, mesmo que a gente não queira, pensei, em seguida: nem vi preto na lava-jato. Será racismo?
Operação PF / Receita, em São Paulo
Na dúvida, fui pro google. Lancei lá: "pretos na lava-jato. Não me agrada falar em nomes. Mas não há como evitar, porque só encontrei notícias sobre Paulo Preto: "as relações de Paulo Preto com empresas investigadas na Lava Jato", "Delatores acusam Paulo Preto, ex-diretor da Dersa, de operar propina...", e outras. Pelas fotos que vi, Paulo Preto não seria cotista em universidade.
Cheguei a uma conclusão bastante estranha: não vi a PF abordando qualquer barraco pobre, nem vi preto sendo investigado na Lava-Jato. "Causdequê?".


IMAGENS:
Operação PF / Receita, São Paulo:
https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/pf-cumpre-mandados-em-empresas-de-limpeza-em-desdobramento-da-lava-jato.ghtml

PF em Belo Horizonte: HOJE EM DIA.
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/pf-faz-opera%C3%A7%C3%A3o-em-minas-e-sp-contra-empresas-de-servi%C3%A7os-de-limpeza-em-desdobramento-da-lava-jato-1.602506


Postar um comentário