30 de mar de 2014

MARCO COMINI TAMBÉM QUER SER POETA

PRINCÍPIO E FIM


Andei, sim! E muito andei
Por tudo que é viela,
rua, aldeia,
buscando a lua crescente.
Pude ver que só mente
Com promessas de lua cheia.






                                    





                                    Seguindo o plenilúnio,
                                     senti o infortúnio
                                     de brutal paixão
                                     brotada em meu peito.













Foi quando me vi diante
da lua minguante.
E, nesse instante,
achei de parar na nova,
que sempre se renova
em Princípio e Fim.













Fotos: o autor.