28 de jun de 2014

É PRECISO TER SORTE!

Brazil's Julio Cesar dives as the ball shot by Chile's Gonzalo Jara (unseen) rebounds off the post to decide their penalty shootout. (REUTERS/Sergio Perez)
Pareceu-me como que um desabafo de Galvão, logo que ficou definido o resultado de Brasil x Chile.
De fato, como ele mesmo disse, a sorte foi brasileira por duas vezes: bola no travessão e bola na trave de Júlio César, na última cobrança de pênalti da seleção chilena. O goleiro fizera uma defesa muito importante, de um chute de perto, que teria levado o placar para Chile 2 x 1 Brasil. Mas contou com a sorte, em dois lances posteriores (sem que isto desmereça sua atuação pessoal).
Mais do que precisar de sorte, a seleção brasileira precisa de algumas definições: só poderá ser a melhor da copa, se sair campeã; há dificuldades em cada jogo; o time não conseguiu evitar o domínio da chilena, em boa parte do jogo. Ah! A torcida e a imprensa (incluindo artistas) precisam parar de ganhar os jogos de véspera. Otimismo é muito bom. Arrogância é outra coisa.
Texto na charge de Casso:
"NEYMAR: QUE VENHA
O CHILE". 
Só a consciência das dificuldades e o respeito a qualquer adversário poderão gerar motivos para superar obstáculos.




Charge: BOL FOTOS
http://noticias.bol.uol.com.br/fotos/imagens-do-dia/2014/06/11/charges.htm#fotoNav=11

FOTO: WORD CUP
http://q.usatoday.com/2014/06/28/fifa-world-cup-brazil-chile-neymar-hulk-knockout-round/


Postar um comentário