16 de jun de 2012

´"FAIR PLAY" NO FUTEBOL: QUEM ACREDITA É TROUXA!

Jogo entre Grécia e Russia, pela Eurocopa. Mais de 40 do segundo tempo, Grécia vencendo por um a zero. Em uma bola dividida, em que o jogador russo não tocou no grego, este cai e começa a contorcer-se. O time russo segue jogando, vai ao ataque. Em uma disputa, um grego leva vantagem e coloca a bola pela lateral. Os gregos partem para cima dos russos, discutindo e reclamando da falta de espírito esportivo (foi o narrador quem disse, porque não entendo nem grego, nem russo).   Ganharam um bom tempo com o quiproquo e com a saída do "lesionado". Que, assim que a maca foi posta no chão, levantou-se lépido e fagueiro. Como que se lembrando de que não era conveniente tanta disposição, começou a mancar, manqueira que logo foi substituída por um titubeio e olha lá ele de novo, dentro de campo. 
Se os russos tivessem tido espírito esportivo, tinham assinado atestado de trouxas.
Fica muito difícil acreditar no ser humano. É só estabelecer um "ritual" de respeito por outrem, e alguém já acha de simular, para aproveitar-se.
Muito feio!

Foto: Gazeta Esportiva.net (legenda: "A zagueira Érika tentou simular contusão e levou cartão amarelo contra os EUA").
http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2011/07/futebol-feminino/estudo-diz-que-mulheres-simulam-menos-faltas-que-os-homens.html