21 de abr de 2015

MENORIDADE PENAL: O TEMA NÃO É POLÍTICO PARTIDÁRIO

a filosofia | filosofia | maioridade penal | menor de idade | crime | pena | cadeia | criminalizacao | direito | estado | menor | escola do crimeHoje, pela manhã, assisti a um "debate" sobre o tema "Redução da Menoridade Penal", pela TV ALMG: uma "moderadora" (coitada!) e três deputados.
A primeira observação foi de não entender grande parte do que se falava: os deputados atravessavam-se em falas simultâneas, sendo que um deles mostrava-se mais atravessador, e falando como se fosse o dono da verdade. A "moderadora", coitada, nada moderava, vendida que estava no meio da confusão. Pensei "cá consigo" (como dizia um tabaréu em Passa Quatro): se estivessem num botequim, ou mesmo no cafezinho da Assembléia, mas sem transmissão pela TV, podiam fazer como bem entendessem. Mas, se o objetivo era transmitir ideias e posicionamentos para um telespectador qualquer, careciam de um mínimo de organização. Aliás, muitas de nossas desditas estaduais e nacionais decorrem das verdadeiras torres de Babel que vejo na Câmara, no Senado e, frequentando mais recentemente, na Assembleia Legislativa.
Segunda observação: o tema ficava em plano secundário. Um deputado (de situação, certamente) falava de uma situação "deplorável" em que foi encontrado o governo do Estado, incluindo as Polícias Civil e Militar (que a atual oposição contesta, deixando-me na ignorância, pois cada um fala o que acha, sem que eu tenha real acesso a informações precisas). O outro (certamente de oposição) falava de condições que considera essenciais e que o governo federal não tem conseguido implementar.
Não tenho leitura para dar palpite nisto.
Mas acho que tenho leitura bastante para achar que o tema "Redução da Menoridade Penal" não pode ser usado para discussões político-partidárias. Perde-se o foco e a "segurança pública" lucra nada.
Não concordo com a redução da maioridade penal. Ocupar-me-ei disto em outra postagem.


Imagem: a filosofia.
http://www.afilosofia.com.br/post/maioridade-penal/350
Postar um comentário