6 de abr de 2015

RESTOU A URT EM PATOS. É UMA PENA!

Não sou URT nem Mamoré. Vivo em Patos de Minas e, segundo o Dr. Dirceu Diocleciano Pacheco (Revista "A Debulha", 1984), sou Cidadão Patense sem título. Lamento que Patos de Minas tenha apenas um time na primeira divisão do Campeonato Mineiro de Futebol. Penso que se faz necessária uma união de esforços, mesmo de adversários, para que os dois fiquem na principal. A cidade passará a ganhar dois jogos grandes, pelo menos (Atlético e Cruzeiro com cada um). É fator de turismo esportivo. Muita gente desloca-se de várias cidades, para curtir o Galo ou a Raposa jogando aqui.
Acho uma pena, sim!