17 de mar de 2013

NEYMAR - O QUE IRÁ ACONTECER?



Nenhuma intenção de profetizar. Nem de tomar partido. Tenho comentado algumas coisas sobre o moço: "O QUE ESTARÁ ACONTECENDO COM NEYMAR?" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2013/02/o-que-estara-acontecendo-com-neymar.html), publicação anterior à das crítidas dirigidas a ele por Pelé; "COMO NEYMAR APANHA, MEU DEUS" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2013/01/como-neymar-apanha-meu-deus.html); "ENTÃO, A MÁGICA DE NEYMAR TERÁ DE SER JOGAR NA EUROPA?" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2012/12/entao-magica-de-neymar-tera-de-ser.html); "E SE NEYMAR TIVER UM PIRIRI?" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2012/07/e-se-neymar-tiver-um-piriri.html).
Vai ter muito o que comentar, ainda.
Penso que é preciso analisar o que aconteceu com Neymar, desde a não convocação para a copa de 2010, até agora. Analisar, também, o que a mídia tem dito sobre isto. Penso que é uma tarefa de fôlego, que pretendo enfrentar, assentado em minha santa ignorância e, portanto, apenas reportando fatos, comentando o mínimo.
Vai ficar para mais tarde. Por ora, apenas o comentário de René Simões, técnico de futebol com belo currículo.
Quando Neymar "encrencou" com Dorival Júnior, por causa de um pênalte que este não o deixou cobrar, René Simões, visivelmente emocionado, fez comentários sobre a necessidade de educar o rapaz: "Está na hora de alguém educar esse rapaz, ou vamos criar um monstro.", resistrado em globoesporte.com (http://globoesporte.globo.com/futebol/brasileirao-serie-a/noticia/2010/09/rene-simoes-suplica-que-eduquem-neymar-assim-virara-um-monstro.html).
Sinceramente, não penso que chegue a tanto. Mas passa perto. Penso, também, que não pode ficar só em Neymar. Precisamos educar comentaristas esportivos, que muito exageram tanto em jogar flores como em descer o pau.
Primeiro que tudo, aproveito para lembrar um versinho que postei, há bastante tempo: "O que sou eu, afinal? Um anjo endemoninhado? Ou um capeta anjelical?" (http://cadikimdicadacoisa.blogspot.com.br/2012/07/experiencia-poetica-muito-preocupante.html).
Penso que algumas ações atuais de Neymar podem estar pegando mal. Não gostei de vê-lo em uma balada, no Rio de Janeiro, no mesmo dia em que deixava de jogar pelo Santos, porque estava suspenso, por ato de indisciplina. Podia estar na balada? Podia! Sendo jovem, tem o direito de se divertir, desde que não cause prejuízo a seu desempenho físico (não o vi andando em campo vez alguma). Mas, impedido de jogar, por suspenso, ficaria melhor na fita se tivesse comparecido ao campo, para "dar uma força" a seus companheiros.
Sucede que isso tudo transita pelo campo habitado por um anjo endemoninhado e um capeta anjelical.
Penso não haver dúvida de que o que acontecer com Neymar, daqui até a copa de 2014, irá refletir na seleção. Por isto, seria bom que todos os circunstantes - técnicos, colegas, comentaristas, publicitários, dirigentes - todos, enfim, passassem a pensar em Neymar, de "forma positiva e operante". Não acho que será transformado em um monstro. Mas, se algo não mudar, poderemos estar pondo fora um enorme talento.

Brasinha: De Rerum Natura



Anjo: treze





Postar um comentário