30 de mai de 2014

DIÁRIO DE UMA POMBINHA

Querido diário,

Aarrrrúúúúúúúúú!!!!!!!
Meus pequenos voaram hoje, pela primeira vez. Umas gracinhas! Vi, de passagem, que ficaram quietinhos no ninho, pela manhã. Acho que foi o frio. Cheguei um pouco antes do rango, para ver como estavam. Aí,
começaram a exibir-se. O mais velho voou do ninho até um galho um pouco mais baixo. O caçula ficou um pouco ainda no ninho. O mais velho voou para mais baixo ainda. O pequenino voou para o galho onde ele estava. Era um tal de bater asinhas, quase gritaram "shazam". Deixei-os divertirem-se à vontade, mas fiquei vigiando. Passearam por toda a árvore, uma jaboticabeira. Não foram além, mas
excitaram-se e exercitaram-se muito. Maior barato! Fiquei muito orgulhosa. Vi aquele maldito paparazzi de araque tentando voltar a câmera para eles. Como é incompetente! Tenho certeza de que perdeu as melhores façanhas de meus filhotes. Mas o cara não desistiu e acho que acabou tirando algumas fotos.
 Os pequenos passaram a tarde toda voando ou saltitando pela árvore. Ambientaram-se bem. Acho que amanhã alçarão voos maiores. Uma lindeza! E, afinal, a instrutora e controladora de voo fui euzinha, mesma. Papai nem apareceu. Sabia que não iria ter para ele. À tardinha, hora de dormir, as crianças retornaram ao ninho, muito felizes. Cansados, mas vitoriosos, dormiram logo, logo...
Até amanhã, querido diário. Acho que os filhotinhos voarão muito melhor e irão aventurar-se mais um pouco.