5 de mar de 2012

A MÃO QUE TOCA UM VIOLÃO SE FOR PRECISO FAZ A GUERRA

A recíproca é verdadeira. Temos visto a Sra. Presidente da República vertendo lágrimas em algumas solenidades. Por último, foi na posse do Ministro da Pesca. A Presidente emocionou-se e deixou escapar uma ou outra lágrima. Com fama de "durona", com algumas insinuações até de rispidez, a Presidente emociona-se. É a réplica da idéia passada em "Viola Enluarada". Na verdade, está mais para Guevara: "Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura, jamás!"

Imagem: Zé do Rancho em Amantes da Viola.
http://blogamantesdaviola.wordpress.com/2009/08/24/ze-do-rancho/

Postar um comentário