13 de fev de 2013

CHICO ANYSIO - O GÊNIO DO HUMOR

Continuo deliciando-me com a releitura de "SOU FRANCISCO". Abro em qualquer página. Encontro o desenlace de Chico Anysio e Arnaud Rodrigues. Chico disse que doeu mas foi imperioso. Depois dos detalhes, fala que passou os monólogos do Fantástico para Marcos César que, segundo ele, "...não era bom de diálogo mas em monólogos, nem Max Nunes conseguiu ser melhor do que ele". Detalhe: Chico avaliou: "Somente o texto do comercial da Sharp onde eu dizia que o homem devia nascer com oitenta anos e morrer criança é suficiente para  mostrar sua competência" (isto foi escrito muitos anos antes de esse tema virar filme).
Marcos César morreu um ano depois de perder seu filho com leucemia. Chico comenta: "Católico praticante, quase fervoroso, ele disse ao Alex Periscinotto pouco antes de morrer uma frase incrível e seríssima:
- Não rezo mais pra Jesus, Só para Deus.
- Por quê? - perguntou o Alex.
- Porque Jesus não teve filho, não sabe o que é perder um."

Foto: Capa do livro.