24 de jul de 2014

CRISE HABITACIONAL? ORA, POMBAS!

Conforme o cadikim já anunciou, há uma crise habitacional séria entre as pombinhas. Tentam, por todas as formas, fazer ninhos em nossa janela. Não deixo. Completamente desprotegidas e desprotegidos ficarão os filhotes. Umas irresponsáveis! Uma delas acabou fazendo ninho em um vaso que estava na janela. Minha mulher tanto pediu que concordei. Os filhotes caíram do ninho e dali para a boca de algum gato. Até que uma outra resolver fazer ninho onde deve ser feito: em uma árvore. Os filhotes voaram saudáveis e essa pombinha deixou um diário muito alegre, que o cadikim publicou. Depois, outra aproveitou o mesmo ninho, só que não encontrou final feliz. Um bem-te-vi comeu seus ovos.
Hoje cedo, vi um bando de pombinhas na mesma árvore. De leréia, nada de ninho. Acho que duas delas (ou casal, sei lá...) são filhotes recém brevetados. Aí foi que apareceu uma outra pomba, maior, vistosa, metidíssima! Fiquei de botuca, porque minha mulher falou que ela iria reaproveitar o ninho. Achei pequeno para ela. Não me surpreendeu quando pegou um galhinho com o bico, quebrou-o (ouvi o estalido), e voou muito da lampeira. Deve estar fazendo ninho em lugar mais apropriado para o tamanho dela.
Postar um comentário